Bibliorodas de Quixadá: “Caminhando e cantando e seguindo a canção”

Parte I

Lena e Romário

 “Caminhando e cantando e seguindo a canção”… até dizem que não é de bom grado começar um texto com uma citação. Porém, é exatamente com a letra da canção de Vandré que o inicio, pois temos nos identificado muito com ela, nos três últimos meses (setembro, outubro e novembro do ano de 2013); estamos aqui tão somente para o caminhar e, com isso, aprender. É assim que vemos a ideia do BIBLIORODAS crescer em nossa cidade: um aprendizado.  E não me venha você dizer que não sabe ou que nunca ouviu falar desse projeto em nossa muito querida Quixadá.  Não? O que estava a fazer enquanto estávamos a circular com carrinhos de livros e aventais pelas ruas da cidade? Pois bem, esteja atento para a descrição de grandes memórias.

lena.Nossas manhãs de sábado tomaram um novo rumo, um novo caminho; embora por vezes a canção perdesse a melodia, fazendo com que a desarmonia e o desequilíbrio roubassem o brilho da canção, estamos seguindo na caminhada, buscando sempre levar aos leitores a compreensão. Querem mesmo saber o que nos motiva?  O brilho nos olhos, a história lida e contada, o sorriso que nos agrada, a amizade aflorada, a dúvida que nos aguarda. Toda circulação é assim: a ansiedade nos corrói, enquanto no Mercado Central e por toda a Galeria, leitores nos aguardam para juntos trocarmos livros; ah, pudéssemos nós, e eles, ficaríamos horas batendo papo, discutindo ideias, compartilhando saberes, conquistamos novos leitores.

Mas, afinal que tipo de livros carregamos? carrinhoDe Marx e Engel, da poesia de Cordéis, Pessoa e Drummond, de Aluísio de Azevedo, Machado de Assis, Rachel de Queiroz, tem também a família Veríssimo. Contamos ainda com um pequeno acervo sobre nosso país com: Gilberto Freyre, Sergio Buarque de Holanda e Darcy Ribeiro. Ah, e como não lembrar o escritor e fundador da Academia Quixadaense de  Letras – AQL. João Eudes Costas, grande memorialista de nossa terra e incentivador do projeto BIBLIORODAS na cidade.

A memória que segue abaixo foi de uma manhã quente de sábado, 16/11/2013. Romário tocava flauta doce enquanto Ingrid e eu seguíamos no trabalho com os leitores. ingridFoi tudo tão encantador…  mas percebia uma tristeza no olhar dos leitores, não sei se por conta do final de ano, ou por conta da melodia que seguíamos, doía em mim, e depois vi que Ingrid sentia a mesma vibração; era a ausência de algo, era a esperança a caminho, era a poesia na música, era a luta de quem em meio aos trabalhos diários parava para debruçar-se em nosso carrinho, buscando até o último livro, um afago, um amor, um carinho. Ao retorno  à biblioteca conversávamos sobre o ocorrido, e eis que minha memória me traz de volta a primeira frase que nos foi apresentada pelas  idealizadoras do projeto, (Clara e Edna) durante o mês de Julho de 2013:

“Dentro de nós há uma coisa que não tem nome. Essa coisa é o que somos”

José Saramago.

por Lena Lázaro.

Parte II 

Ingrid e Romário

Sarau Poético – encerramento atividades 2013

Depois de termos lido o belíssimo texto acima, quero também escrever um pouco de como foi o encerramento do projeto nesse ano (próximo ano tem mais…).

Pois bem. Como não poderíamos passar de ano sem comemorarmos, resolvemos fazer um momento simbólico apresentando o Bibliorodas dentro de outro evento que eu estava organizando: o Sarau no Sítio, em um ponto turístico de Quixadá que está precisando de restauração e de mais visibilidade e  com esse evento buscamos chamar a atenção da população e das autoridades competentes.

No último sábado estive convidando os nossos leitores a se fazerem presentes neste evento, em que também seria o encerramento Bibliorodas 2013. Compareceu apenas um leitor, mas não tirou o brilho do evento, pois assim também podemos apresentar o projeto a quem não o conhecia.

bolsa

Tivemos vários momentos de músicas, de performances de poemas, altas poesias. Logo após, apresentamos o projeto aos participantes, que gostaram bastante de tudo. E no final, foi sucesso como sempre!!!

Agora é só esperar, pois 2014 será um ano cheio de leitura, e vamos nessa:

Bibliorodas é ação!

1522165_270943349697012_1258363699_n

 

 

 

 

 

 

leitor3

 

 

 

 

 

 

 

romario tocando.

 

 

 

 

 

por Romário Oliveira

Anúncios
Esse post foi publicado em Quixadá. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s