Última expedição de reconhecimento:Banabuiú, mais uma riqueza.

O pequeno município de Banabuiú fica bem próximo a Quixadá, cidade em que ficamos hospedadas durante essa estada no Sertão Central do Ceará. Nosso objetivo nesse período  era conhecer cada município e as pessoas que dedicam seu trabalho às questões da leitura, educação e cultura. Conhecer talvez seja o passo mais importante para construir novos rumos.

Dedicamos uma semana conhecendo melhor os municípios que participarão das ações das Bibliorodas em 2013. A partir de agora, poderemos planejar e organizar as atividades que serão desenvolvidas no segundo semestre considerando tudo que aprendemos nos últimos dias.

Na quarta-feira, 27 de março, fomos a Banabuiú, o menor dos municípios escolhidos. Saímos cedo, mas dessa vez, pegamos uma lotação rumo ao nosso destino. Dentro da Topic as pessoas expressavam uma intimidade maior umas com as outras e conversavam muito enquanto iam se acomodando.

Pedimos para a moça que recolhia as passagens que nos deixasse perto da Prefeitura e ela combinou que nos levaria até lá. Em pouco mais de trinta minutos estávamos em Banabuiú. No centro da pequena cidade, estavam estacionados os paus-de-arara e muitas mototáxis. As pessoas de dentro da Topic gritavam com outras nas ruas. Ouvimos coisas do tipo:

” Tu leva a minha mercadoria lá em casa?”

” Quem pegou a minha bolsa?”

” Chama a moto aí pra mim…”

E do meio da rua, um homem veio à janela do motorista dizendo:

” Tenho de ir a Quixadá, mas não tenho dinheiro. Você me leva? Eu vou receber um  dinheiro lá e lhe pago…”

E o motorista brinca, manifestando compreensão pelo pedido, e blefa:

” Sem pagar, não vou levar…”

E as pessoas iam descendo da Topic, menos nós. De repente a Topic fica vazia e o motorista pergunta:

“E vocês, não vão descer???”

E a gente, mais caipira do que tudo, responde que achávamos que seríamos deixadas na Prefeitura. O motorista resmunga, reclama, liga o carro e segue até a Prefeitura. A moça da Topic, que havia  prometido nos deixar na Prefeitura, dava gargalhadas… Enfim, nos deixaram na Prefeitura.

Uma casa amarela, com movimento de gente na entrada e nos corredores… Estávamos na Prefeitura de Banabuiú.DSC01814Entramos e procuramos pelo Prefeito. Em Banabuiú tínhamos agendado um horário com o prefeito, mas havia ruídos. O prefeito não nos esperava e, mesmo em meio a um tumultuado dia de fechamento de folha de pagamento, o Prefeito Veridiano nos recebeu gentilmente e ouviu a nossa história.

Convencido de que o Projeto deveria ser realizado no município, o Prefeito pediu ao Secretário de Educação para que viesse nos encontrar. O Secretário chegou em poucos minutos. Em uma rápida conversa: mais uma parceria fora pactuada.

DSC01811

Clara Etiene, Prefeito Veridiano Sales, Edna Freitas e Secretário Alexandre Lucas

O secretário de Educação do Município, Alexandre Lucas, levou-nos para conhecer a Secretaria de Educação e depois do almoço, muito comprometido com a educação de seu município, Alexandre nos mostrou com orgulho as salas de aula, a biblioteca e as instalações da escola mais antiga da cidade. Uma escola limpa, organizada e acolhedora. Nessa escola, acompanhamos a chegada dos alunos para o turno vespertino.

DSC01827

Com muitas pessoas morando na zona rural, o município mantém um núcleo educacional na cidade e para que esse sistema funcione, vários ônibus e até alguns caminhões buscam e levam as crianças da zona rural…

Depois de conhecermos a escola, Alexandre nos acompanhou até a Biblioteca Municipal, um lugar simples, e também cuidado com zelo.

Em todas as cidades que chegamos, encontramos pessoas receptivas, interessadas e comprometidas como Alexandre. Que bom saber que existem pessoas qualificadas, responsáveis e inteligentes envolvidas com as questões da Leitura, da Educação e da Cultura no Brasil.

Nosso sentimento, ao final dessa estada no Sertão Central do Ceará, é de coletividade, percebemos que há muitas pessoas com o pé na realidade brasileira, empenhadas em dar o melhor de si e prontas para colaborar. Sentimo-nos parte desse Brasil e voltamos para casa mais fortalecidas e mais sertanejas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Banabuiú. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Última expedição de reconhecimento:Banabuiú, mais uma riqueza.

  1. Patrícia Almeida disse:

    Banabuiú conhecida como “cidade carinho” não poderia ter recebido vcs de maneira diferente. Um lugar no fim do mundo rsrsrs , para alguns, mais com um potencial humano muito forte. Nossas dificuldades não são maiores que nossoa vontades e conquistas, e assim, continuamos sempre acolhendo, recebendo e dividindo tudo que a nós é ofertado. sem dúvida será mais uma parceria brilhante. E vcs também são maravilhosas. Abraços Patrícia Almeida

  2. Mateus da Silva disse:

    Coisa bonita ne amiga, mais a realidade aqui no nosso municipio e outra totalmente diferente viu,e so voce ve minhas postagens a educação aqui vai de mau a pior tem alunos no sertao que desde semana passada estao sem aula, porque o motorista que lebva o as alunos do governo 2 para o rinare, nao estao rodando Porque os mesmo estao sem receber da prefeitura a varios meses e tao sem Dinheiro para comprar combustivel e o dono do posto, falou que nao vai vender enquanto nao acertarem com ele o dono do posto. essa sim e realidade da educação de banabuiu. Nen tudo que reluz, e ouro.

    • claraetiene disse:

      Obrigada pela sua contribuição, Mateus. Tenho certeza de que há esses e outros tantos desafios diários para enfretarmos todos os dias em cada canto do Brasil.

  3. Alexandre Lucas disse:

    Clara e Edna foi com muita satisfação que recebemos vocês em nossa amada cidade. Sabemos dos desafios da educação, muito é feito pela a nossa educação, e desafios existe constantes, obrigado por escolher nossa terrinha para mais um brilhante trabalho na area da leitura. ESTAMOS DIARIAMENTE TRABALHANDO PARA DARMOS O MELHOR AOS NOSSOS MUNICÍPES!

    • ednafreitass disse:

      Alexandre e Equipe,
      Retornamos com a certeza de que Banabuiú é um município que busca, em meio a tantas dificuldades, superar cada uma delas. Será uma alegria desenvolvermos as ações das Bibliorodas nesse recanto do Sertão Central do Ceará. Abraços literários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s